sexta-feira, 7 de maio de 2010

Quero ser Annie Hall


As primeiras coisas que se aprende numa escola de roteiro são: um filme não pode ter mais que 40 % de diálogo, que a história deve ser contada com imagens se não vira literatura. E que a idéia geral do autor deve ser parte subjetiva das falas das personagens.
Os roteiristas e professores ainda brincam dizendo que só há uma pessoa no mundo cujos filmes são repletos de falas e mais falas: Woody Allen.
Woody virou sinônimo de Cult. Quem é cúl, assiste Woody Allen. E entende (pelo menos tenta) suas metáforas e falação. Admito que me apaixonei por ele. Sempre me apaixono fácil por figuras míticas assim, até hoje quero ser musa de Hitchcock, esqueça, R.
Nascido em NY, em 1 de dezembro de 1935, Woody, pseudônimo de Allan Stewart Königsberg é famoso por seus personagem judeu nova-iorquino neurótico e fracassado. Figura de nerd, é ator, diretor, roteirista e músico. Mesmo que ele não esteja atuando num de seus filmes, seu alterego estará lá, sendo interpretado por outra pessoa, a essência de Woody em corpo desconhecido.
O que a maioria não sabe sobre o Sr Allen é que a maior parte de seus filmes não se pagam, ainda que “fracassos” de critica, adorados por seus fãs.
Seu primeiro filme premiado foi 'Noivo Neurótico, Noiva Nervosa' ('Annie Hal', 1977), que recebeu quatro Oscars (três para Allen, de melhor filme, roteiro e direção, e um para Diane Keaton, de melhor atriz). O filme conta a história de Alvy Singer, na pele de Woody mesmo, um humorista judeu e divorciado que faz análise há quinze anos. Ele acaba se apaixonando por Annie Hall, vivida por Diane Keaton, uma cantora em início de carreira, e com a cabeça um pouco complicada.
É talvez meu filme preferido de Woody como Woody, fora que a própria Annie Hall é apaixonante.
E quem não se apaixona pelo hipocondríaco, problemático, neurótico, genail, músico (Woody Allen toca clarinete semanalmente num bar de NY), inteligente, chato, pensador, multifuncional, brilhante Woody Allen?



"As pessoas sempre se enganam em duas coisas sobre mim: pensam que sou um intelectual (porque uso óculos) e que sou um artista (porque meus filmes sempre perdem dinheiro)". W.A.
Adoooro.
ps O nome verdadeiro da atriz Diane Keaton, que namorava com Woody Allen por ocasião das filmagens de Annie Hall, é Diane Hall, e seu apelido entre os amigos é Annie.
R.

Um comentário:

Dani disse...

Adoro personalidades que tem sua marca registrada, sabe, quando você vê um filme só pq sabe que ele vai do jeito daquela pessoa.. confuso? Talvez hahaha