sexta-feira, 13 de agosto de 2010

"Seja um eleitor com memória de elefante"

A internet vem nos proporcionando todo o tipo de informação, úteis ou não, e cada vez mais fáceis. Podemos entrar em contato com facilidade com nossos amigos, marcar encontros, saber o que eles estão fazendo. Participamos, seguimos, clicamos...
Finalmente, esse mundo virtual nos trouxe algo útil para política, ou melhor, para o eleitorado.


Muitas pessoas falam o quão é importante conhecer o histórico do seu candidato e projetos. Mas onde achar isso? Sites dos partidos ou do governo? Seguir os candidatos pelo twitter? Desculpem-me a sinceridade, mas eu não falaria mal de mim, por que os políticos fariam isso? Fazer uma pesquisa pelos jornais, revistas e sites pode se tornar algo muito maçante, mais até do que ver os políticos falando de si mesmos.


Eis que surge em nossas vidas o site “Eu lembro”. Nele são reunidas todas as informações que você precisa. Um gráfico informal sobre as intenções de votos em todos os colégios eleitorais. Você também recebe de ‘mão beijada’ uma pesquisa completa sobre o seu candidato no youtube, sites na internet e citações no twitter. Além dos fóruns que dão oportunidade para você apoiar ou criticar o candidato. O site também traz informações para você entender melhor o que cada candidato faz.
O site faz um alerta de que não se responsabilizam por nada no site, “O conteúdo apresentado no site EuLembro é todo de reproduções automáticas de outras redes sociais”. Mas não deixe de ser uma ferramenta útil para se informar melhor. Uma vantagem que o site também proporciona, é o envio das informações para o seu e-mail, mas apenas se você quiser.



P.s.:
*Adoro esse comercial hahaha.
*Não sou fã de política, mas ignorá-la é pior. Não acredito que um voto mude o destino da nação. Não acredito em políticos. O ser humano é muito ganancioso, por isso acredito que muitos dos problemas não têm jeito, mas não por falta de proposta, mas vontade de criar soluções efetivas.
Mas já que somos obrigados a votar, vamos tentar fazer direito, por mais errados que os políticos sejam.
*Não condeno quem vota em branco, às vezes fica realmente difícil escolher o “menos pior”. E não julgue quem faz isso, é como votar em outro candidato, a pessoa vai ter o mesmo direito, assim como quem votou em um candidato que não ganhou [faz sentido].
* No proximo post sobre eleições vou tentar explicar melhor essa 'bagaça' e as pegadinhas do malandro que o TSE está querendo fazer... Ops, pegadinha não. Pegadinha não poooode!

3 comentários:

Camila Monteiro disse...

Olha, muou aqui tb!!!! rsrs Adorei!
Olha Dani, acho legal vc ter falado de política, é chato, é complicado, mas é melhor ser levado um pouco maisa sério.
Adorei o post!
To tentando fazer um no meu blog mas ta foda de escrever sobre isso hein! Quero ser totalmente imparcial.
Parabens pelas palavras!

Karine Lima disse...

Oie, que bom que gostou do meu blog! obrigada pela visita, estou seguindo aqui tbm! O blog está muito bom *-*

beijos.



http://livreelouca.blogspot.com/

Bártolo disse...

irado! posta mais sobre